NOVO CARGO, NOVA POSTURA

*Por Bruna Sant’Anna Froner

Ao recebermos uma promoção, nossa rotina é alterada de forma muito rápida e desafios surgem a todo momento, fazendo que você aprenda na prática muitas situações que até então tinha só observado os gestores resolvendo. No dia a dia, vamos nos adaptando a essas transformações e vai ficando mais fácil delegar, acompanhar as ações da equipe e assumir novas tarefas. Uma das mudanças que ocorrem naturalmente é em relação a comunicação com as pessoas da empresa.

Mudar de postura não é uma tarefa tão simples, pois exige separar (ainda mais) o pessoal do profissional e isso não significa deixar de brincar em momentos de descontração ou assumir uma atitude mais autoritária quando necessário, longe disso! A mudança é, principalmente, de mindset. As responsabilidades se ampliam e você tem que tomar a frente em algumas situações que antes não faziam parte do seu escopo de trabalho.

O mindset das pessoas que serão geridas por você também deve mudar. O segredo para fazer essa transição de maneira natural é manter o diálogo aberto, afinal, liderar uma equipe é trocar experiências, opiniões e optar pela melhor estratégia para cumprir os objetivos do cliente. Aprimorar a relação com seus colaboradores é primordial para que eles entendam que os cargos mudaram e que isso será positivo para ambas as partes.

Aprender técnicas de gestão de pessoas também é importante. Tenho buscado fazer cursos para entender como ajudar minha equipe da melhor forma, o que acredito ser a essência de um líder (e não chefe). Ser um bom profissional não significa, necessariamente, ser um ótimo gestor. Claro que experiência é importante, mas ter uma base teórica ajuda a criar novas estratégias para engajar as pessoas de acordo com o perfil de cada profissional.

Outro fator que deve ser levado em consideração é a relação com os gestores da empresa. Há alguns meses, nossas conversas eram sobre as demandas dos clientes. Hoje, nossa gama de assuntos aumentou (e muito)! Minha atuação é muito mais estratégica do que era antes, por isso, é preciso um olhar mais crítico em relação ao dia a dia do time para passar feedbacks assertivos e focar na produtividade e bem-estar de todos. A integração da equipe de gestão é fundamental para que todos estejam alinhados para um objetivo comum, que é desenvolver um trabalho de qualidade para os clientes.

E por fim, é essencial estar bem consigo mesmo! A insegurança faz com que a gente não consiga desenvolver nosso trabalho da melhor maneira. Cada pessoa tem um perfil de gestão diferente, portanto não queira se comparar com os profissionais que você já conhece. Busque o melhor deles e crie uma identidade própria, de acordo com seus valores. Só assim será possível crescer profissionalmente e cooperar para o desenvolvimento da empresa em que você atua!

*Bruna Sant’Anna Froner é Relações Públicas formada desde 2009 pela Universidade Metodista de São Paulo, com pós-graduação em Marketing e Comunicação Integrada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Com quase 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Líder de Núcleo na PiaR Comunicação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: