OS INIMIGOS DE UMA BOA DIVULGAÇÃO

*Por Renniê Paro

Como já falamos em muitos textos e vídeos em nosso canal no Youtube, nosso trabalho não é uma ciência exata e não podemos garantir resultados. Porém, existem certos fatores e atitudes que podem se tornar verdadeiros inimigos de uma boa divulgação.

Confere alguns:

– Mentirinhas bobas: pessoal, a tal história do ‘quem conta um conto, aumenta um ponto’ tem que ser banida do mundo dos assessores e startups que querem fazer um bom trabalho de PR. Portanto, Sr. Empreendedor, não invente ou aumente números de sua empresa. O segredo do sucesso é ser verdadeiro e transparente com a mídia e seus leitores;

– Nunca estar disponível: de que adianta cobrar resultados de sua equipe de comunicação e quando eles conseguem uma oportunidade de mídia, você dizer que está ‘muito ocupado’ e que agora não pode atender?! O tempo do jornalista é tão ou mais escasso que o seu, portanto é legal atende-lo quanto antes seja possível, afinal nós que ‘batemos em sua porta’, não é mesmo?

– Ser rude com jornalistas: grosseria e falta de educação não deveria ser aceito de modo algum e com ninguém, mas com o jornalista é um verdadeiro tiro no pé. Se coloque em seu lugar: você liga lá, o convence de falar sobre sua empresa e depois o trata mal. Não faz o menor sentido, né?! Portando, tato e cordialidade são essenciais para construir um relacionamento a longo prazo com a mídia;

– Querer que sua empresa apareça sozinha em todas as pautas: pessoal, vocês têm lido os jornais e revistas? Os cadernos estão sendo absorvidos por outros, o número de jornalistas é escasso e, portanto, os espaços para vez mais concorridos. É quase impossível, atualmente, uma startup ser o destaque único de uma matéria em grandes veículos e tentar forçar a barra para que isso aconteça é improdutivo;

– Exigir para ver a matéria antes de sua publicação: quer ofender um jornalista? Faça esse pedido e será bem-sucedido! Isso porquê é preciso respeitar a liberdade de imprensa e capacidade editorial desses profissionais. Atenda a imprensa prontamente, passe as informações relevantes e dados de mercado que detenha, fotos e afins e aguarde a publicação. Confie nos jornalistas;

– Passar um dado e depois ‘desdizer’: sabe aquele amigo que conta uma história, depois fala que “não foi bem isso que ele quis dizer”? Não seja essa pessoa com jornalistas! Quando der uma entrevista ou mesmo em um simples bate papo com esses profissionais, só fale aquilo que tiver certeza. Não sabe direito ou está em dúvidas, sem problemas. Avise o jornalista que vai conferir as informações e depois passa para ele (e passe de verdade). Assim se evitam problemas de erros de dados ou mesmo publicações com dados sigilosos.

*Renniê Paro é jornalista formada desde 2008 na Universidade Paulista, com pós-graduação em Comunicação Organizacional na FMU. Com mais de 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Head de Customer Success e Marketing na PiaR Comunicação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: