POST ORGÂNICO X PAGO

*Por Gabrielle Ramos

Acredito que esse seja um dos assuntos mais polêmicos desde que utilizamos o Facebook como ferramenta de trabalho. Muitos acreditam que hoje em dia, somente os posts pagos ou patrocinados funcionam e ainda há quem acredite somente na força do post orgânico. Mas enfim, qual dos dois é a melhor solução para o seu negócio?

Vamos começar do início: qual a real diferença entre eles? O alcance pago é medido por aquelas pessoas que foram impactadas pela sua marca por meio de anúncios e campanhas feitas na rede que tiveram investimento de dinheiro. O alcance orgânico nada mais é do que pessoas que foram atingidas por ações realizadas pela empresa, sem nenhum tipo de verba. E ainda temos o alcance viral, que pelo nome já se pode deduzir que esse é o grupo de pessoas que é atingido pelo famoso “boca a boca”, tanto online como offline.

Definidos os grupos, vamos falar agora sobre a efetividade deles.  Antes de mais nada, precisamos lembrar de uma coisa importante: os dois se complementam. O ideal mesmo é que você sempre aposte em ambos (o terceiro acaba sendo uma consequência dos dois primeiros). “Ah mas qual é melhor ou qual tem mais resultados efetivos?”; “Se eu apostar só em alcance orgânico não vou ter sucesso?”; “Se minha empresa patrocinar tudo ou tiver várias campanhas, então vamos ser a mais bem sucedida?” Calma, respire fundo. Lembre-se de que quando se trata de rede social, você SEMPRE tem que ter uma estratégia muito bem definida.

E uma notícia um pouco ruim para os fãs do orgânico: o Facebook, por meio de algoritmos, fez uma diminuição no alcance orgânico com base em uma pesquisa de comportamento e preferências dos usuários. Mas fiquem calmos porque isso não quer dizer que ele morreu ou não funcione mais. Como falamos, o ideal é que você aposte nas duas frentes e assim consiga atingir seu público-alvo. O segredo aqui, na verdade, não é só sobre investir ou não, mas sim no que você vai investir. O seu conteúdo tem que ser o destaque. Não adianta nada sair patrocinando qualquer coisa e achar que isso trará resultados (lembrem-se sempre da estratégia, ela é fundamental). Se engana quem acredita que essa seja a solução. Falando em redes sociais temos que lembrar: é o conjunto que vai fazer sua página alavancar ou não (Estratégia + bom conteúdo + patrocínio).

Vamos continuar batendo nessa tecla de que o trabalho com mídias sociais pode até parecer fácil, afinal, todos nossos contatos (ou quase) estão lá e passamos a maior parte do nosso tempo conectados. Mas, quando falamos profissionalmente a postura deve ser outra. Estamos falando de comunicação na internet, portanto, não podemos pular etapas importantes, como a de um bom planejamento, estratégias sólidas, pesquisas, entre outros e esperar que o resultado seja o melhor possível.

*Gabrielle Ramos é jornalista formada desde 2012 pela Universidade Nove de Julho, com especialização em Marketing Digital pela E-commerce School e Mídias Sociais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Com 08 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Coordenadora de Planejamentos Estratégicos e Mídias Sociais na PiaR Comunicação.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: