COMO ESCREVER UM BOM ARTIGO

1438796516-artigo-site

*Por Renniê Paro

Imagine a seguinte situação: você é jornalista de um dos maiores veículos da capital. Por conta disso, recebe diariamente mais de 500 e-mails com sugestões de assuntos diversos sobre empresas de um sem número de segmentos. Nesse cenário, como escolher o assunto mais relevante? Como escolher as empresas sobre as quais você escreverá uma matéria?

Esse é apenas um pedacinho da rotina de um jornalista. Para que o seu material não se perca nesse mar de informações, temos ferramentas como releases, notas, sugestões e pauta e artigos. No dia-a-dia como assessora de imprensa tenho notado que cresce o espaço para essa última ferramenta.

Os artigos vêm ganhando cada vez mais relevância por abordarem visões de especialistas sobre um mercado, e não falando sobre quão boa é uma empresa. Em artigos os jornalistas e leitores passam a enxergar uma oportunidade de entender mais a fundo um nicho de mercado. Pensando em te ajudar a aproveitar da melhor forma a oportunidade de atuar na imprensa com artigos, listamos 3 dicas importantes:

– Nada de mais do mesmo: você é o especialista no assunto em questão, portanto não disserte sobre um tema ou um aspecto que outros profissionais já tenham abordado. Artigos interessantes são provocativos e devem trazer uma reflexão ao leitor. Vale lembrar que falar sobre temas inusitados não significa usar palavras difíceis ou técnicas. O artigo funciona como se você estivesse em um bate papo com o leitor, portanto escreva sempre em primeira pessoa e de forma clara e objetiva;

– O jogo da adivinhação: quem é que não gostaria de saber como será o futuro? Os artigos podem ser uma ótima oportunidade para provocar um exercício de imaginação sobre o mercado que você atua. Claro que todas as suas “previsões” devem ser embasadas em dados já existentes, mas trabalhar com tendências e possibilidades que podemos encontrar daqui há alguns anos, sempre desperta interesse do leitor;

– Um gostinho de quero mais: por fim, é sempre interessante finalizar o artigo deixando um gostinho de quero mais. Terminar com um questionamento ou mesmo com um conselho sobre o tema debatido é interessante e pode despertar o interesse do leitor em saber um pouco mais e, claro, entender que você é “o cara” no tema.

Poderíamos listar aqui outras dicas que podem ajudar na elaboração de um artigo, mas essas três contemplam, de forma generalizada, um roteiro para um bom texto. Vale lembrar que estar de olho no que outros profissionais dizem e mesmo fazer, sempre que possível, uma comparação do mesmo mercado em outros países é interessante e pode enriquecer seus textos. Portanto, se mantenha antenado e explore a oportunidade de se tornar um especialista para a imprensa.

*Renniê Paro é jornalista formada desde 2008 na Universidade Paulista, com pós graduação em Comunicação Organizacional na FMU. Com 10 anos de experiência em Assessoria de Imprensa, já atuou na comunicação de empresas de diversos segmentos e atualmente é Coordenadora de Comunicação na PiaR Comunicação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: